22/06/2012








Medo de amar. Isso perturba-me constantemente. Parece algo estúpido, irracional, mas para mim não é. Eu importo-me demasiado com isso, bem mais do que deveria. Esse medo invade a minha alma e retira todas as minhas forças. Malaxofobia. É esse o nome do meu medo, não é mesmo? É exatamente isso que me impede de ser feliz. Mil e uma vezes eu tentei corresponder ao amor que me deram, mas acho que esse é o meu ponto fraco. O meu coração é duro demais para amar. De tanta decepção acho que eu virei um robô humano. Um robô sem coração e sem alma. Sem nem sequer rastros de sentimentos. Por que comigo? O meu coração agora tem a única função de bombear sangue. Fui tornando-me fria, ao ponto de não saber mais como amar. Era pra ser algo bonito, com uma bela função, mas virou isso aqui. Não me culpes; sou mais uma vítima desses amores de meia-tigela, onde se ama mais do que se é amado. Tu és usado como um objecto descartável, e simplesmente o teu coração é destroçado em mil pedacinhos, incapazes de amar novamente. Então, perdão se não sou o que tu querias. Sou só o retrato de uma bela e antiga menina, que se deixou levar por um coração bobo, e que percebeu que estava errada quando já era tarde demais. Uma menina que cansou de ser usada e deitada fora. Que decidiu parar de se perder no que já acabou e que decidiu seguir em frente. Eu não sou o bastante para ti não é? Pois bem, foda-se. O que tu pensas ou deixas de pensar, hoje, não é mais um problema meu. Posso soar até como uma estupida, que seja, apenas comecei a abrir os meus olhos. Deitei fora tudo aquilo que me deixava ás cegas, onde eu me mergulhava em toscas ilusões. Queres ir? Vai e leva junto contigo, todo o meu amor.

A.

16 comentários:

  1. adorei o blog :)*
    sorteio : http://catiie3.blogspot.pt/2012/06/primeiro-sorteio.html

    ResponderEliminar
  2. Também gosto imenso do teu!
    Obrigada e vou seguir*

    ResponderEliminar
  3. olá :D
    muito obrigado , também sigo o teu :)

    ResponderEliminar
  4. Peço desculpa, o coração só bombeia sangue, é a sua única função mas isso deves saber :)

    Acho que não devemos ser frios por mais que sofremos, por mais que nos usem, por mais que agente saiba que vamos cair, havemos de recuperar.
    Eu não fujo de coisas estranhas, normalmente faço o oposto, agarro-as e tento guarda-las para o resto da vida, sim porque muitas vezes essas pessoas estranhas são simplesmente especiais.

    Mais uma vez peço desculpa, não te estou a julgar, mas não es assim tão estranha :)

    ResponderEliminar
  5. adorei.. às vezes também sinto que não consigo amar, que sou fria demais..
    acho que te vais identificar com o meu franciscagama.blogspot.com :)
    kisssssss!

    ResponderEliminar
  6. ainda bem, sigo de volta e também gosto :)

    ResponderEliminar
  7. E tens pressa de amar? Ou de ser amada? Tens tempo todo o tempo, até lá, vai amando o que te rodeia, um dia de sol ou chuva consoante o teu gosto. Brinca e diverte-te, salta e rebola tens todo o tempo do mundo para Amar

    ResponderEliminar
  8. Adorooo o teu texto, vou seguir :) e força !

    ResponderEliminar
  9. Adorava que fosses ao meu blog e me desses a tua opinão ? Pode ser ?

    ResponderEliminar
  10. tens M83 a tocar *-* gosto tanto desta música!

    Beijinho * Monstros no Armário

    ResponderEliminar
  11. desculpa o outro comentário foi de sem querer :S
    Tenho um selo no meu blog para ti, se quiseres (:
    Gostei do teu blog, sigo-te (:
    *Se quiseres passa pelo meu...

    ResponderEliminar
  12. Adoro o blog, segui *-*

    Segues o meu também? Obrigada*
    http://welcome-to-my-para-paradise.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  13. adorei o texto, força*
    Sigo o teu blog :) , visita o meu e dá a tua opinião: http://castrodanniela.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  14. está lindo.
    como te compreendo, esse medo é horrivel s:

    ResponderEliminar